Educação Infantil
Ensino Fundamental
Literatura
Assessoria
Gênese Digital
Página Inicial > Blog > MÚSICA: PODEROSO ESTÍMULO SENSORIAL
Notícias
Eventos

Frase da Semana
“Nós nos tornamos nós mesmos através dos outros”

Lev Vygostky
MÚSICA: PODEROSO ESTÍMULO SENSORIAL


Vivemos num mundo de múltiplos estímulos sensoriais. Cores, texturas, padrões visuais, imagens, tipografias, design, odores, luzes e, subsequentemente, as combinações entre estes elementos, geram incontáveis possibilidades. Em meio a esses estímulos, destacam-se os sonoros e, dentre deles, a música se sobressai.
Mencionar a importância da música é até lugar comum, visto que, desde tempos longínquos, ela é reconhecida como uma forma de expressão universal, abrangente e que pode ser compreendida por todos. Diante de tal constatação, é pertinente aos educadores usar a música como uma poderosa ferramenta no processo de ensino/aprendizagem. É interessante analisar as letras, as composições, as rimas e métricas musicais. Neste contexto, ela converte-se em recurso pedagógico de grande alcance e eficiência.
A correta utilização da música faz aflorar nas crianças a capacidade de expressão, empatia e emoções. Por meio da música, é possível aprimorar o processo de ensino-aprendizagem. É possível ensinar muito com, por exemplo, cantigas de rodas, músicas regionais e canções folclóricas; músicas internacionais podem ser usadas no ensino de idiomas. A música também se combina com outras áreas do conhecimento, gerando novas formas de assimilação e promovendo a criatividade. Como é possível notar, o trabalho com música contribui para o aprendizado das crianças, tornando a escola, a aula e as atividades mais alegres e receptivas. Isso sem falar na ampliação do conhecimento e do repertório musical do aluno, já que a música é um bem cultural.

Referente à música, o Ministério da Educação e Cultura, por meio dos Parâmetros Curriculares Nacionais, afirma que se trata de uma arte que esteve associada às tradições e às culturas de cada época. Atualmente, o desenvolvimento tecnológico aplicado às comunicações vem modificando consideravelmente as referências musicais das sociedades pela possibilidade de uma escuta simultânea de toda produção mundial. Qualquer proposta de ensino que considere essa diversidade precisa abrir espaço para o aluno trazer música para a sala de aula, acolhendo-a, contextualizando-a e oferecendo acesso a obras que possam ser significativas para o seu desenvolvimento pessoal em atividades de apreciação e produção. A diversidade permite ao aluno a construção de hipóteses sobre o lugar de cada obra no patrimônio musical da humanidade, aprimorando sua condição de avaliar a qualidade das próprias produções e as dos outros.

Prof. João Artur Izzo


BLOG

Artigos

O professor deixa de ser detentor único do conhecimento e passa a ser um facilitador das pesquisas do estudantes, colaborando para a construção do ... AS METODOLOGIAS ATIVAS NOS ENSINOS FUNDAMENTAL E MÉDIO

Reflexões

A disrupção tecnológica vivenciada nos últimos anos, que barateia os preços de equipamentos, possibilita o acesso de mais estudantes às novas te... METODOLOGIA SALA DE AULA INVERTIDA: FOCO EM DISCUSSÕES, PROJETOS E RESULTADOS

Notícias

Aconteceu, nos dias 25 e 26 de agosto, o Encontro de Gestetores 2016, com o tema: “A educação especial na perspectiva da educação inclusiva”. ... Encontro de Gestetores 2016

Onde Estamos

Av. Brig. Eduardo Gomes, 1.900
Bairro Residencial Vale Verde (Aeroporto)
Marília/SP
CEP: 17.514-000
Tel.: 14- 3432-1567

Redes Sociais


2018 © Editora Brasil Cultural. Todos os direitos reservados.